Desenvolva sua equipe com três tarefas fundamentais

04/05/2017

Um gerente preocupado com o desenvolvimento de sua equipe deve observar três tarefas fundamentais a fim de ajudar a manter a produtividade no trabalho:

1) Aderir às atividades permitirá que motive as pessoas sem tirar delas a oportunidade de executar suas tarefas individualmente. Um gerente para garantir o respeito de sua equipe precisa mostrar-lhes que também sabe executar as tarefas que está acompanhando;

2) Criar um ambiente de trabalho seguro para as pessoas. É necessário que elas se sintam desafiadas, mas na dosagem certa, pois desafio acima da capacidade de cada um só irá gerar desconforto, assim como desafio abaixo do que as pessoas são capazes causa apenas tédio e falta de perspectiva. Para dosar adequadamente o nível de desafio a que uma equipe será submetida, um bom gerente tem que conhecer muito bem o comportamento dessas pessoas, assim como deverá prepará-los para a importância de lidar com o processo de autoconhecimento. Isto proporcionará o amadurecimento da equipe e facilitará a percepção de cada um quanto às necessidades de mudanças, seja no plano empresarial, seja no plano pessoal. Por exemplo, a equipe deverá ser estimulada por sua gerência a entender melhor seu perfil comportamental e adaptá-lo às necessidades do cargo, fazendo com que identifiquem e processem as mudanças em seus comportamentos.

3) Organizar passo a passo o trabalho, destacando para a equipe aquilo que de fato é importante para o dia a dia da empresa. Normalmente, os gerentes iniciam muitas atividades ao mesmo tempo sem sinalizar para sua própria equipe as prioridades, o que termina por desorientar ao invés de orientar as pessoas.

Além dos aspectos acima, um gerente é responsável, ainda, por dar à sua equipe a orientação e o senso de direção necessários, além de gerenciar os conflitos interpessoais e cuidar para que normas e regras sejam cumpridas por todos, inclusive ele próprio, já que dentre tantos papéis ainda exerce o de exemplo, modelo a ser seguido pelos demais, um espelho para as atitudes da maioria.

Atender a todas estas responsabilidades é muito importante para um gerente, tanto em situações técnicas como rotineiras. Porém, um gestor engajado com o trabalho usa da sua autoridade para fazer com que as pessoas respondam positivamente aos desafios impostos à própria organização. Ele orienta as pessoas para assumirem novos papéis e responsabilidades, esclarecendo a realidade do negócio e os valores essenciais da empresa. Ajuda a expor o conflito, visualizando-o como possibilidade de aprendizado. E, finalmente, um gestor tem o papel de ajudar a organização a manter aquelas normas que devem durar e a desafiar aquelas que precisam mudar.

Esse conteúdo faz parte do Programa de Atração e Rerenção de Talentos (PART), da GS&Friedman. Saiba mais em www.friedman.com.br