Artigos 

fernando-lucena-alta.jpg

Já faz tempo que a qualidade é mais importante que a quantidade, pelo menos no que diz respeito à performance das equipes de venda.

Em uma época de turbulência, como esta em que vivemos, eleva-se ainda mais a necessidade da equipe assumir a responsabilidade, e garantir qualidade e empenho em todas oportunidades de venda que surjam.

A verdade é que as empresas continuam precisando de vendas para sustentar sua estrutura, estratégia e equipe. Portanto, de nada adianta ficar reclamando das condições difíceis, do mercado em crise etc. É como diz o ditado: se a vida te der um limão, faça uma boa limonada!

Se por um lado é possível que menos clientes surjam na loja, por outro lado é importante aproveitar cada oportunidade. Mas a questão não depende só da 

vontade, se estende inclusive à capacitação da equipe de vendas.

Primeiramente, concordo que é uma questão comportamental. Ou seja, a atitude da equipe tem que mudar. Se está difícil realizar vendas, perder oportunidades por falta de iniciativa e/ou motivação é inadmissível. Ou o vendedor acredita que pode fazer a diferença, ou se encosta e lamenta o dia inteiro.

Em segundo lugar, vem o conhecimento e a habilidade. Faça as seguintes perguntas a você mesmo: 

"Eu conheço meu produto ou serviço?" 

"Eu detenho as técnicas necessárias que tornam o vendedor um verdadeiro profissional?".

É impossível querer oferecer qualidade sem conhecer o que se está ofertando, e muito menos sem ter técnicas que tornem o atendimento uma experiência de alto nível para o cliente.

A verdade é que ainda hoje, e com a crise que tanto se comenta, ainda vemos muitos atendimentos mal feitos, falta de respeito, consumidores sendo enganados, reclamações crescendo nos órgãos de regulamentação etc. Então, que tal mudar este padrão de (des)serviço ao mesmo tempo em que o mundo vai "se arrumando"?

Converse com seus colaboradores sobre excelência e atitude, acompanhe o trabalho deles, e seja um exemplo de empenho e busca de resultados. Vai dar certo, eu te garanto!

Boa leitura, boas vendas e muita paz!

Fernando Lucena

Presidente do Grupo Friedman

  • Compartilhe: